HomeEstudando óptica com o Prof. Honda › Como se forma a imagem no olho?

Como se forma a imagem no olho?

Já falei aqui um pouco sobre as partes de sistema visual, da importância da visão e do cuidado com os olhos e já até postei um vídeo que explica a funcionamento da visão.
Meus próximos temas serão explicar os problemas de visão, as chamadas ametropias. Mas para isso é importante introduzir primeiro uma outra discussão: a formação da imagem dentro do olho. Se as ametropias acontecem porque as imagens não se formam de maneira adequada, prejudicando nosso entendimento, então precisamos entender como seria a visão normal, certo?

Como se forma a imagem no olho humano?

Assim como outros diversos dispositivos ópticos (dispositivos inventados pelo homem) o olho humano possui uma abertura que permite a passagem da luz, uma lente e um anteparo, onde a imagem é formada.

Formação da imagem no olho humano

www.fotoselentes.blogspot.com.br

O olho humano é constituído por uma lente biconvexa, chamada cristalino, que fica situada na região que antecede o globo ocular. No fundo do globo ocular está a retina, que é sensível à luz e serve de anteparo para as imagens. As sensações luminosas após serem captadas e projetadas sobre a retina são enviadas ao cérebro pelo nervo ótico.

A Córnea é parte anterior transparente e protetora do olho dos vertebrados. A íris é a parte mais visível e colorida, e possui um orifício central, a pupila, de diâmetro regulável, responsável pela passagem da luz do meio exterior até a retina (Com o aumento da quantidade de luz, ocorre a contração da pupila, já com a redução da incidência de luz, ocorre a sua dilatação).

Ilustração das partes que compõe o olho humano

www.eav.eng.br

A luz atravessa o humor aquoso, penetra pela pupila, e atinge o cristalino, que funciona como uma lente convergente, convergindo os raios luminosos para um determinado ponto focal sobre a retina, permitindo que a imagem se forme.
O cristalino possui uma elasticidade que o permite alterar a sua forma, tornando-se mais, ou menos convergente, contribuindo também para sua acomodação, a qual é muito importante na formação de imagens de diferentes distâncias. Quando o objeto está distante, a imagem formada é correspondente a um relaxamento dos músculos ciliares (músculos que circundam o cristalino), já se o objeto está próximo, a imagem é derivada de uma tensão destes músculos. Por isso, quando se passa um longo período olhando apenas para objetos muito próximos, como por exemplo, quando estamos escrevendo ou lendo, devemos em certos momentos, desviar o olhar para objetos mais distantes, como uma forma de descontrair os músculos ciliares e “descansar a vista”.
A luz refletida pelos objetos vai então chegar à retina. Na região da retina, além da formação das imagens, ocorre também, a percepção das cores, por meio das células fotossensíveis presentes em sua composição, denominadas bastonetes e cones.

Vemos então que a luz refletida pelos objetos passaram por um sistema de lentes e “projetadas em um anteparo” onde as imagens são formadas, a retina, e são transmitidas ao cérebro através do nervo ótico. Alterações em algum desses componentes pode comprometer a formação das imagens.
Conseguimos enxergar nitidamente os objetos porque a imagem deles se forma sobre a retina, no entanto, existem alguns casos que a imagem não se forma exatamente sobre a retina, dando origem ao que chamamos de problemas de visão. Esses problemas ocorrem em razão de uma possível deformação no globo ocular ou mesmo uma defeituosa acomodação visual e podem ser corrigidos com a utilização de óculos, lentes de contato ou cirurgias.

Bom, acho que agora você está pronto para entender o que será falado sobre os problemas de visão!

Os próximos tópicos que abordarei são:

  1. Ametropias X Emetropia. Qual a diferença?
  2. Lente positiva e lente negativa
  3. Ametropias. O que é Miopia?
  4. Ametropias. O que é Hipermetropia?
  5. Ametropias. O que é Astigmatismo?
  6. Ametropias. O que é Presbiopia?

Comentários: 2 [ Deixe seu comentário ]

  1. Só fazendo uma correção: a pupila contrai quando há maior incidência de luz e dilata quando há menor incidência de luz, o contrário do que diz no texto.

    • Certíssima, Melissa! Obrigado por sua colaboração.
      A gente lê e relê os textos e mesmo assim alguns erros acabam passando… Já fiz a correção!

Deixe seu comentário

NOTA: Você pode utilizar essas tags e atributos HTML.
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>